Verso

XV de novembro

Avaliação do Usuário
PiorMelhor 

há cabeças na bandeja
da rainha vermelha
no luto da vitória
do medo
o poema quer ser
batuque de guerra
guizo nos rabos mas a babalixa
da linguagarra
é úlcera nos dentes
e a legião dos ratos
inda procura
projetos populares
no cti das multimarcas pereba no pé
topada do sonho
catapora bexiga
hematomas
lanhadas
salmoura na cólera
pulso cauterizado e a mancha nos panos velhos
que do mastro ao chão
não secam mãos lavadas
sempre que um filho da puta
branco vendido negro comprado
ou mulato sabido
põe os pés na nossa cozinha

TOP

THEME OPTIONS

Header type:
Theme Colors:
Color suggestions *
THEME
* May not have full accuracy!